Sobre a campanha

Sendo celebridade ou não, a verdade é que todo mundo tem dificuldade em se separar. Pode ser de algo especial ou de alguém muito querido, isso não importa.

O fato é que a separação é um processo de amadurecimento pessoal que todos nós, seres humanos, enfrentaremos, mais cedo ou mais tarde, em nossas vidas.

E esse processo, invariavelmente, DÓI.

Muito. :(

Me separar da minha ex-mulher foi uma das experiências mais difíceis e dolorosas que eu já enfrentei. Penso eu que ninguém decide ficar junto para, logo em seguida, se separar. Eu tinha toda a certeza do mundo de que ela, o meu amor, estaria sempre ali, do meu lado. De que ficaríamos juntos, nos amando, para sempre. #sqn

Daí, quando tudo acabou, foi uma merda.

A minha vida desmoronou e eu não sabia como lidar com o que havia acontecido.

Eu não sabia lidar com a minha própria dor.

Busquei na internet livros de auto-ajuda, materiais e conteúdos de Filosofia, Psicologia, Espiritualidade e tudo mais que pudesse me ajudar a dar um novo significado para o meu sofrimento.

Ter passado por essa separação tão traumática fez com que eu me tornasse obcecado em descobrir como as outras pessoas lidavam com o término de seus relacionamentos também.

Afinal, quem sabe, eu poderia encontrar alguma dica sobre como tornar esse processo todo menos doloroso.

Foi então que me deparei com as declarações de famosos a respeito desse tema – tão recorrente nos dias atuais.

Achei muito interessante todo aquele conteúdo, não no sentido do ‘buzz’, da fofoca ou da mediocridade em acompanhar a vida alheia.

Mas sim, no de poder enxergar uma mesma situação (complicada e dolorosa) sendo vivida e experimentada por diversas pessoas, tão diferentes, de vários cantos do mundo.

Só que aquele material maravilhoso estava espalhado, fragmentado e disperso pela internet!

Daí surgiu a ideia de criar este painel inicialmente com declarações de gente (famosa ou não) que se separou. Com o tempo, o painel foi ampliado e passou a envolver depoimentos de pessoas que já foram traídas ou que perderam seus entes queridos.

O objetivo é mostrar aqui que todos nós passamos por algo semelhante em nossas vidas, que a separação é algo que acontece e que não estamos sozinhos nessa.

Quando desabafamos sobre o que aconteceu, quando expressamos nossos sentimentos e vemos que outras pessoas também enfrentam situações parecidas, uma pontinha de força e melhora começa a surgir dentro de nós.

Começamos a entender que separações, perdas e términos fazem parte da vida e que não podemos evitá-las em sua totalidade.

O que podemos fazer em casos como esses é nos educarmos (e educarmos nossas crianças) sobre esse assunto tão sério e que, infelizmente, é tratado de forma tão pobre pela nossa sociedade.

Pode não parecer, mas relacionamentos são muito complexos. E nunca é só um fator que provoca o rompimento. Várias outras coisas acabam pesando na balança, e, no final, chega-se a conclusão de que é melhor parar.

Precisamos estar preparados para isso, caso contrário sofreremos demais.

Também devemos compreender que a separação é algo universal, que transcende idioma, cor de pele, gênero e status social.

Nunca ninguém nos ensina, de fato, a como lidar com ela porque a mesma é um processo interno, intrínseco por natureza, que só vai ser processado pelo próprio indivíduo.

Contudo, podemos sim, nos apoiar em momentos tão nebulosos como esses – começando por esta CAMPANHA!

Às vezes, um simples comentário já basta para incitarmos uma mudança em alguém. Não é necessário conhecer pessoalmente quem está precisando da nossa ajuda. “O importante é se importar”.

Eu realmente gostaria de ter encontrado um painel assim na época em que mais precisei, teria me ajudado muito.

Ele foi feito para vocês, espero que ajude alguém a seguir em frente e inspire muitas pessoas.

Abraços e força! 😀

MATHEUS FERRARI

NOWA! CTO & CO-FOUNDER

#nós_vamos_superar!