TRATADO DA AUTOESTIMA MASCULINA (e feminina também!) – comece 2016 de bem com você!

new-year-2016

[SAÚDE MENTAL] por Rhuan Rosseau

Você já tem a sua listinha de 2016?

Geralmente aos finais de ano nos preparamos para as confraternizações, para os amigos secretos, para as festas.

Pensamos em nossos atos passados neste ano que terminou, criamos a listinha do que devemos fazer para 2016, nossas prioridades, o que pensamos e o que planejamos para este Ano Novo que se inicia! 

Vivemos em uma era muito exigente, nossa mente está sempre posta à prova de tudo o que acontece. O meio onde vivemos exige que tenhamos um médio conhecimento obrigando-nos a sermos ecléticos como uma forma de Darwinismo social.

Só aqueles que sabem discutir o que está na internet sobrevivem e isto é um fato!

Ter confiança em si mesmo é uma provação, um desafio.

Você se lembra da sua listinha de coisas para fazer em 2015?

Quantas coisas dessa lista você conseguiu realizar? O que você conseguiu mudar em si mesmo no espaço de um ano?  

Vou mostrar-lhes os tópicos da minha lista e vejamos se tem algo parecido com o que vocês planejam:

1. TERMINAR O QUE COMECEI EM 2015

Sim, isso é importante.

Ser conhecido como um homem/mulher que não termina o que começa é muito triste.

Às vezes, somos compelidos por enormes projetos, enormes mudanças, enormes ideias dos quais passamos muito tempo planejando para que, no fim, não dê em nada.

Ter uma ideia, saber colocá-la no papel é algo muito bom. O mundo está vasto de grandes ideias, tal coisa é o impulso para que vivamos com harmonia e alegria – porém o que adianta ter a metade de uma maçã?

Continuaremos com fome!

Muitas vezes, temos que parar algum projeto, temos que nos desviar do caminho que trilhamos por um fato inesperado ou algo do tipo. Às vezes temos até que desistir de um projeto porém, terminá-los, concluí-los é o desafio a ser batido.

Então, conclua o que planejaram para 2015 por mais difícil que seja!

2. CONHECER NOVAS PESSOAS

Talvez este seja o mais difícil para muita gente.

Sabe-se que a timidez é algo que afeta grande parte dos homens. Conhecer novas pessoas e para os solteiros, que não é meu caso, conhecer outras mulheres, buscar um relacionamento ou algo do tipo.

Para o futuro pretendo falar sobre a teoria dos grupos e como conseguir um sorriso em meio a uma festa, mas deixemos isso para depois.

O ser humano é um animal social, quase igual ao golfinho. Sobrevivemos e evoluímos graças as nossas interações, ao fato de estarmos em contato com outros de nossa espécie. Conhecer gente nova, aumentar os seu ciclo de amigos, fazer o que chamam de interação.

Muitas vezes, aquela oportunidade para mudar de emprego, aquela oportunidade para conquistar o grande amor, aquela chance de conhecer alguém que fará você mudar sua vida está no sair, no conhecer gente nova, sair da zona de conforto!

3. SORRIR MAIS

Sim, isso mesmo, sorrir mais. Estranho não?

Tive uma adolescência cultivada na base da timidez. Sempre fui bom orador mas nunca fui de sorrir muito e de olhar nos olhos das pessoas.

Muito do que é mostrado na cultura do século XXI, tal cultura do próprio mundinho e dos fones de ouvido, nos ditam regras cada vez mais ditatoriais sobre o espaço alheio. E nós dito que quem sorri muito não é levado a sério, ou que olhar nos olhos dos outros é uma afronta.

Se você mora no Japão, este segundo pode até ser, mas para nós que moramos num país onde é cultural o contato, o abraço e a saudade, o sorrisos, o olhar nos olhos e o abraço se tornam pontes para a comunicação social.

Devemos sorrir mais, um sorriso verdadeiro, completo, gentil abre muitas portas. Se você toma aquele ônibus lotado, dê um belo sorriso ao cumprimentar o trocador.

Sorria ao dar bom dia ao porteiro, ao falar com seu chefe, ao falar com a secretária, ao falar com seus empregados, ao falar com seus pais. A princípio vão te achar um extraterrestre, mas nunca deixaram de lembrar do seu carisma!

4. PRATICAR MAIS EXERCÍCIOS FÍSICOS

“Amanhã eu começo a dieta” digo enchendo a boca com um delicioso pedaço de pizza.

Quem não gosta de comer? Tudo o que não é saudável é gostoso – tal axioma nos persegue como uma maldição!

Acordar cedo, correr, praticar exercícios, fazer dieta… tudo isso não é agradável para todo mundo mas é necessário para todo mundo.

Sofremos a epidemia da obesidade. Além dela diminuir a nossa autoestima (apesar que eu conheço gordinhos muito felizes), nossa saúde fica em risco. Os homens possuem um tempo de vida menor comparado ao das mulheres exatamente por sermos grandes teimosos e não irmos ao médico quando deveríamos.

Nossa dieta recheada de gordura e de coisas que nos matam – e o sedentarismo que se tornou a nova tendência – se torna uma mistura mortal.

Sei que é muito difícil sacrificar aqueles trinta minutos de sono, sacrificar aquele refrigerante geladinho para tomar um suco sem graça ou fazer aquele monte de exercício em ambientes cheios de outros homens suados e fedorentos.

É complicado, porém necessário!

Então em 2016, levante do sofá e tome aquele suquinho de beterraba gostoso! E lembre-se: vídeo-game não é esporte.

5. MUDAR ALGUMA COISA

Mudar? Mas mudar o que? Simples: algo que te incomode.

Às vezes, ficamos com um espinho no dedo incomodando, mas não temos a iniciativa de retirá-lo. Um simples ato e tudo se resolveria de uma maneira melhor.

A vida é feita de momentos, então temos que criar estes momentos.

Às vezes, mudar é algo complicado: uma estante que está no seu quarto há tantos anos, reduzindo o seu espaço; alguém que você tem um relacionamento do qual não tem futuro; um emprego do qual ir todos os dias e que se tornou um suplício…

Entramos na zona de conforto – a qual é um assunto que pretendo abordar em um próximo encontro.

A zona de conforto pode ser um lugar gostoso de se ficar mas, não é ideal que a façamos de lar!

Não ter novas experiências, não ter a coragem de descobrir do que tem do outro lado da linha, não tentar reinventar-se pode se tornar um problema. 

Se você acha que tem algo errado é porque TEM ALGO DE ERRADO.

Não devemos viver num mundo onde as coisas nos fazem triste. Devemos sempre dar o start inicial para mudar. Nem que seja uma estante, uma pilha de livros ou algo mais drástico como mudar de casa ou de emprego.

O ser humano nasceu nômade e só depois fincamos nossas raízes. Ter as raízes é muito importante, mas saber quando mudar e descobrir novos ares é essencial!

Espero que essa pequena listinha os norteie para que o próximo ano seja tão bom quanto este que passou.

Ter metas, ter planos, conquistar coisas novas e amar talvez sejam as coisas mais complexas que existam – porém as mais necessárias.

Façam tudo que puderem para serem felizes e lembrem-se de que a felicidade só é plena quando compartilhada!

Se você gostou do que leu, deixe um comentário abaixo. Ele é muito importante pra mim! 😉

——————————-

Acompanhe mais postagens do Rhuan clicando AQUI!

——————————-

NOWA! | Você ainda vai precisar.

http://www.appnowa.com/
https://www.facebook.com/appnowa

3 thoughts on “TRATADO DA AUTOESTIMA MASCULINA (e feminina também!) – comece 2016 de bem com você!

  • 9 de março de 2016 em 19:27
    Permalink

    Muito interessante esse post, eu gostei bastante! É bem assim que acontece com nós homens, obrigado por compartilhar.

  • 11 de fevereiro de 2016 em 10:52
    Permalink

    ótimas dicas, gostei muito desse artigo, apesar de que não acompanho muitos sites, mas vou acompanhar o seu, abraço

  • 28 de janeiro de 2016 em 21:50
    Permalink

    muito bom, obrigado por compartilhar essas dicas, ajudam bastante!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.