4 PASSOS PARA CONHECER MAIS PESSOAS – sem precisar de internet (GARANTIDO!)

people

[SAÚDE MENTAL] por Rhuan Rosseau

Quantas pessoas você conheceu ano passado?

Vivemos em uma sociedade cada vez mais informal. Nossos contatos, quando existentes, na maior parte das vezes são feitos por intermédio de smartphones ou aplicativos de conversa via internet.

Cada vez mais o contato olho com olho, o falar pessoalmente, tem perdido força e expressão.

Faça uma pequena “contabilidade”: quantos amigos das redes sociais você conhece pessoalmente? Quantas pessoas você conheceu primeiro pessoalmente para só depois adicioná-las em alguma rede social?  

É fato que esta era em que nós vivemos chama-se a nova era virtual. Vivemos mergulhados em redes wi-fi e absorvemos uma quantidade infinita de informação a cada minuto!

Como tudo no mundo tem seus benefícios e malefícios, estamos perdendo cada vez mais nossas habilidades sociais – e isto leva à timidez e à introspecção.

Repito o questionamento inicial e ponho outro em seguida: quantas pessoas você gostaria de conhecer este ano?

Vamos aproveitar esse início de ano e essa época pré- carnaval em que as coisas ainda estão se encaixando (a gente já sabe que o Brasil só funciona de verdade mesmo depois do Carnaval).

Leia mais

TRAIÇÃO E LOUCURA – alguém já lhe contou como lidar com isso?

traiçao

[SAÚDE MENTAL] por Cecília Constantino

Ora, certo dia ocorreu de uma amante gritar para os quatro cantos da cidade que estava amando muito e sofrendo demais, após ser traída. Ela não queria perder aquele grande amor por nada nesse mundo. O excesso de amor levou-a a uma alegria extravagante, insana, falta de juízo, enfim… a loucura. A dor da traição teria sido muito forte para a mente dela aceitar. Esse explodir de emoções ocasionou um imenso sentimento de raiva, rejeição e futuramente… uma doença.

Perguntei a ela quanto tempo havia se inciado aquela depressão e a mesma respondeu:

– Há dez anos.

Orientei-a: 

– Jamais se isole ou sufoque o que está sentindo. O sentimento dessa dor é real e intenso, mas não tem volta. A reclusão ou o luto após a dor da traição são necessários para que você possa juntar todos os pedacinhos que sobraram do seu ser e então buscar ajuda no intuito da transformação como pessoa. Você jamais terá uma oportunidade maior para aprender a respeito de si mesma e da vida do que aquela que os relacionamentos lhe dão.

Admitir que você foi traída é um dos sentimentos mais duros que um ser humano pode sentir.

Leia mais

HISTÓRICO DE SAÚDE FAMILIAR – Saiba montar o seu!

[SAÚDE FÍSICA] por Matheus Ferrari

Conhecer o seu histórico de saúde familiar é crucial para compreender melhor o futuro da sua saúde, dos seus filhos e netos. Você pode não saber, mas doenças crônicas como diabetes, hipertensão, problemas cardiovasculares e até mesmo câncer podem afetar a saúde de todos os membros de uma mesma família. Por isso, obter informações valiosas sobre o histórico de saúde dos seus parentes é um passo importante para manter todos na linha – inclusive você!

FORA O SOBRENOME, O QUE MAIS OS PARENTES TÊM EM COMUM?

Além do mesmo sobrenome, familiares cosanguíneos também compartilham entre si genes, que são estruturas moleculares capazes de gerar proteínas – na maior parte das vezes, funcionais – importantíssimas para a composição e desenvolvimento correto do nosso organismo.

Leia mais

REGRAS MASCULINAS – Como elas invadiram o seu cérebro?

man

[SAÚDE MENTAL] por Matheus Ferrari

Pode parecer coisa de ficção científica, mas o cérebro humano pode ser programado (e reprogramado) inconscientemente várias vezes. Sem nos darmos conta, desde a infância internalizamos mensagens passadas – direta ou indiretamente – por nossos pais, parentes, amigos, professores, etc, e que se tornaram a base para a construção de vários programas mentais que utilizamos no decorrer de nossas vidas.

Alguns desses programas prejudicam os nossos relacionamentos, interferem na forma como nos comunicamos e afetam a nossa capacidade de nos tornarmos íntimos de outras pessoas.

Leia mais